Cláudia Isabel, conhecida por Claudisabel, é uma das mais bem-sucedidas cantoras de música ligeira em Portugal, com uma carreira consolidada de duas décadas e meia, cheia de singles de sucesso e álbuns de ouro. A sua discografia conta já com outro trabalhos de originais, o último lançado no ano de 2020, intitulado “Condenada”.

A cantora, que nasceu no Algarve - em Faro, mas viveu sempre em Loulé - a 4 de Outubro de 1982, tomou como nome artístico a justaposição do seu nome real, Cláudia Isabel, e é uma das artistas mais reconhecidas e caminhada pelo público português.

Isso faz com que seja presença assídua dos palcos portugueses, tendo já atuado em centenas de concertos e praticamente em todas as cidades deu território nacional, continental e ilhas incluídas. Além disso, é convidada regularmente para ir à televisão.

Inicio da carreira de Cláudia Isabel


A carreira pública de Claudisabel pode ter começado nos anos 90, mas toda a sua vida foi feita com o microfone na mão. Aos seis anos já subia aos palcos, interpretando temas infantis em concertos no Algarve, onde ainda hoje vive.

Ao 12 anos venceu o primeiro de muitos concursos de radio e passa a integrar um trio de música ligeira. Mais tarde, ingressa no Conservatório Regional do Algarve, onde tem aulas de canto e integra o grupo “Vocallis”, consolidando-a definitivamente para a carreira musica que aí vem.

Apenas um ano depois, em 1995, editava o trabalho de estreia, chamado “Dizias Tu, Pensava Eu”. O seu sucesso foi imediato e não mais cessou a partir daí. À sua voz imponente, mas ao mesmo tempo doce, Cláudia Isabel juntava segurança e confiança em palco, que lhe conferiam presença e carisma, atraindo desde logo os olhares e a atenção do grande público.

A partir daí seguiu-se “Pensei com o Coração”, em 1998, e, apenas um ano depois, “Preciso d’Um Herói”, que incluía o single homónimo e que continua a ser o seu tema mais reconhecível.

Foi este disco que a consolidou como uma das maiores cantoras de música ligeira em Portugal. Uma artista essencialmente romântica, que tanto alterna um registo mais intimista e apaixonado, com outro mais atrevido e picante, sem cair na vulgaridade, como acontece com outras cantoras.



Além disso, os seus discos apresentam sempre arranjos cuidados e de bom gosto, servindo as canções e nunca o oposto. Não é por acaso que, na viragem do século, a terra onde nasceu lhe presta tributo, reconhecendo-a como a melhor voz feminina do Algarve.

Claudisabel lançaria em 2001 o seu quarto trabalho, chamado “Meu Sonho Azul”, que voltou a ter grande sucesso, especialmente graças ao single “Não Vou Voltar a Chorar”. “Preto no Branco” seria o sucessor, quatro anos depois, e “Quem és tu” vê a luz do dia em 2009.

Entretanto, depois de uma década afastada dos estúdios, Claudisabel regressa com “Condenada”, um trabalho em que se redefine e aborda um estilo diferente, que funde os ritmos urbanos com a língua portuguesa.

Entretanto, a carreira de Claudisabel passou ainda pelo festival da canção, quando concorreu com “Contra Tudo e Contra Todos”, uma produção do compositor espanhol Jordi Cubino, corria o ano de 2010. 

Claudisabel não seria a representante portuguesa, numa edição que ficou a cargo de Filipa Azevedo, mas cumpria assim um sonho de infância, alcançando um marco dourado na carreira de qualquer artista europeu.

Cláudia Isabel no Big Brother Famosos


No plano mais pessoal, a carreira de Cláudia Isabel teve ainda um momento alto, ao entrar para a casa mais famosa do país. Em 2002, a cantora era uma das concorrentes da segunda edição do Big Brother Famosos, o popular reality show da TVI que revolucionou a televisão. Claudisabel foi uma das 14 personalidades dessa edição, que inclua também outras cantoras, como Ruth Marlene ou Lena D’Água.

O vencedor do segundo Big Brother Famosos seria o ator Vítor Norte, enquanto que Claudisabel foi a primeira eliminada. A cantora não conseguiu adaptar-se muito bem na primeira semana do programa e acabou excluída pelos portugueses, numa fase ainda muito prematura do concurso.

Uma saída injusta e ingrata, de uma artista que teria, certamente, muito a dar ao reality show mais famoso da televisão portuguesa. Em 2017, contudo, a cantora faria uma breve visita à Casa do Amor, na quinta edição do reality show Love on Top.

Na verdade, o sucesso de Claudisabel junto do grande público acaba por refletir também os valores com os quais pauta não só a sua carreira, mas inclusive a sua vida pessoal. A cantora confessa que prefere reservar a sua privacidade e revela ser uma pessoa de família, com quem esta de passar os seus dias e o seu tempo livre.

Ao longo de duas décadas e meia de carreira, a artista conta já com um alinhamento de vários sucessos, que encantam o público em vários registos e tons, emocionando-os com as suas baladas e levando-os ao delírio com os seus temas mais dançantes.

Além disso, em palco, Claudisabel muitas vezes interpreta grandes sucessos internacionais, de artistas que admira, como Whitney Houston, que servem igualmente para provar o grande alcance da sua voz, conquistando até os mais céticos.

Mau profissionalismo e acusações na imprensa


A participação de Cláudia Isabeel no Big Brother Famosos criou ainda ondas de choque com o seu empresário de então. Luís Martins e a cantora trocaram acusações na imprensa nacional, com esta a refutar todas as suas acusações de mau profissionalismo. Claudisabel viria mesmo a dizer-se vítima de “uma cabala”, acusando-o de querer destruir a sua carreira e de “emporcalhar” o seu bom nome.

Tudo isso acabou por fazer com que a cantora se afastasse um pouco dos holofotes da praça pública, sem nunca ter deixado de cantar ao vivo no entanto. Entretanto, voltaria a ser notícia, não pelos melhores motivos. Aos 37 anos, a cantora foi diagnosticada com um mimo no útero, um drama que revelou em público, no programa da tarde de Júlia Pinheira, na SIC.

Foi uma entrevista em que abriu o coração, revelando esse período delicado na sua vida. Felizmente é um cancro benigno e, apesar de lhe poder trazer-lhe lesões e problemas de saúde associadas, a cantora confessou ter recusado o conselho da médica em retirar o útero, pois quer continuar a manter a possibilidade de poder vir a engravidar no futuro.

Por tudo isto, o regresso de Claudisabel à música, com o novo single “Condenada”, surge como um corte com o passado e uma espécie de recomeçar de novo. Com letra e música de Marco Rafeiro, “Condenada” apresenta uma Claudisabel com uma imagem mais ousada, cruzando ritmos urbanos com outros mais latinos, numa música que não deixará ninguém indiferente, tanto nas pistas de dança como nas rádios.

O tema começou já a passar na rádio e foi, inclusive, apresentado na televisão, em alguns programas de entretenimento da tarde. É o single de avanço do próximo registo de originais de Claudisabel, que os seus fãs aguardam agora com grande ansiedade. Para já, pode ser ouvido em todas as plataformas digitais.



Entretanto, Claudisabel voltou a ser notícia por razões extramusicais. Ao fazer um live no seu Instagram, enquanto fazia uma caminhada, a cantora seria agredida por uma mulher, que revelou ser enfermeira, depois de se terem envolvido numa troca de palavras.

Claudisabel criticara as pessoas por circularem sem máscara e a mulher em casa não gostou de estar a ser filmada, envolvendo-se numa altercação exaltada, mas sem danos de maior.

As fotos mais sensuais de Cláudia Isabel


A carreira de sucesso não é a única coisa que separa Cláudia Isabel de tantas outras famosas portugueses. A cantora tem um corpo bastante sensual que não hesita a mostrar nas redes sociais e isso tem trazido atenção de fãs e sido muito comentado.

Na galeria abaixo encontra as fotos mais sensuais de Cláudia Isabel. Em algumas está com decotes ousados, noutras mesmo com pouca roupa e em poses provocadoras. Já antes tinha chamado atenção de minissaia.

(Carregue para aumentar)




Autor: author admin

Tiago Palha é um redator apaixonado por tudo o que tem a ver com o mundo das celebridades, tecnologia gastronomia, e muito mais. Siga-o nas redes sociais: Facebook | Twitter

0 comments:

Enviar um comentário