O salário de Fernando Mendes é bastante discutido entre os portugueses, visto este ser uma das mais conhecidas figuras da televisão portuguesa e ter rejeitado ofertas de trabalho com altos rendimentos.

O Gordo, como é carinhosamente tratado pelos seus fãs, é um dos rostos mais reconhecidos da televisão nacional e também um dos que mais simpatia granjeia entre ok grande público.

Tudo graças aos 20 anos que leva a apresentar O Preço Certo, o concurso que se mantém interrupto na programação da RTP desde 2002.

Quanto ganha Fernando Mendes?


Em 2019, Fernando Mendes renovou contrato com a estação pública, garantindo a sua exclusividade para com a RTP, e passou a auferir 20 mil euros por mês, uma soma que fez correr muita tinta.

O apresentador confirmou esta informação na altura, colocando um ponto final à especulação, mas fez questão de realçar que tinha propostas muito mais elevadas de outros canais. No entanto, “o dinheiro é bom, mas não é tudo”, referiu.

Fernando Mendes reafirmou assim a sua lealdade à RTP e a ‘O Preço Certo’, programa que se tornou já lendário na televisão nacional. Aliás, por mais do que uma vez já Fernando Mendes fez questão de garantir que não sairá da estação pública para a concorrência.

Além disso, também já chegou a escrever nas suas redes sociais que, um dia, quando terminar esse projecto, deixará a televisão e passará a dedicar-se em exclusivo à sua outra paixão, o teatro.

Carreira de Fernando Mendes e a chegada à RTP


Nascido em Lisboa no ano de 1963, Fernando Jorge Alves Mendes seguiu as pisadas do seu pai e tornou-se também ator.

Estreou-se aos 17 anos, com a revista “Reviravolta” e nunca mais parou, sendo actualmente uma das caras mais reconhecidas e acarinhas do grande público. Afinal de contas, são quatro décadas de carreira interrupta, com muitos sucessos em carteira, que fazem parte da memória colectiva nacional.

Fernando Mendes chegou à televisão, nomeadamente à RTP, em 1984, o que ajudou a consolidar a sua carreira e a sua reputação junto dos portugueses. Séries como “Nico d’Obra”, ao lado de Nicolau Breyner, ou “Nós os Ricos”, com Rosa do Canto, são dois dos títulos que consolidaram essa carreira na televisão. No entanto, foi como apresentador de O Preço Certo, a partir de 2002, que a sua vida viria a mudar radicalmente.

O ator e apresentador já explicou porque gosta tanto de fazer O Preço Certo. Além do ambiente familiar que criou junto do público e da sua equipa, o programa permite-lhe conciliar a sua outra paixão, o teatro.

É que Fernando Mendes necessita apenas de gravar três dias por semana, ganhando assim tempo livre para dedicar aos ensaios e à representação no palco. Isso tem-lhe permitido andar pelo país em digressão com várias peças, muitas delas da sua própria autoria.

Fernando Mendes n’O Preço Certo


O Preço Certo teve várias versões na televisão portuguesa antes de se fixar como hoje o conhecemos, com Fernando Mendes ao leme.

O programa é um concurso que adapta o formato original norte-americano, em que os concorrentes têm que acertar no preço de vários produtos apresentados. Além disso, passam ainda por provas de diferentes modelos, até à montra final, onde podem ganhar vários prémios.

Em Portugal, o concurso começou a ser apresentado por Carlos Cruz e, mais tarde, por Nicolau Breyner. No entanto, foram duas versões algo efémeras, que não duraram muito.

Em 2002, o co curso regressaria à estalão pública, desta vez apresentado por Jorge Gabriel e intitulado O Preço Certo em Euros.

Portugal tinha acabado de aderir à moeda única e fazia todo o sentido um programa nestes moldes, para ajudar os portugueses a habituarem-se aos novos preços e valores dos produtos.

É então que, no ano seguinte, Jorge Gabriel é substituído por Fernando Mendes, ao mesmo tempo que o título deixa cair o “em euros”.

Era o princípio do reinado do Gordo à frente do concurso, que se torna assim numa referência da televisão nacional. Além disso, continua a ser um dos poucos programas da televisão a obedecer a um formato tradicional, com apresentador e assistentes, ao mesmo tempo que mantém uma atitude irreverente, divertida e informal.

Autor: author admin

Tiago Palha é um redator apaixonado por tudo o que tem a ver com o mundo das celebridades, tecnologia gastronomia, e muito mais. Siga-o nas redes sociais: Facebook | Twitter

0 comments:

Enviar um comentário