Conheça de seguida as apresentadoras  da SIC que dão a cara pelo canal privado na sua grelha de informação e entretenimento. Actualmente, a SIC destaca-se pela componente multimédia, onde tem apostado bastante desde que entrou na era digital, em 2007, e pela sua ficção nacional, tendo inclusive arrecadado um Emmy para Melhor Novela Internacional, com “Laços de Sangue”.

Depois de várias décadas em que a RTP era a única oferta televisiva em Portugal, a SIC surgiu em 1992 para revolucionar o panorama da televisão nacional. A SIC (iniciais para Sociedade Independente de Comunicação) foi o primeiro canal privado português e contribuiu para aumentar a oferta e a pluralidade da informação na televisão local.

A SIC apostou em dois pilares fundamentais: a informação de qualidade e rigor; e o entretenimento irreverente, especialmente falado em língua portuguesa. Por isso, em menos de três anos, o canal alcançou a liderança de audiências em Portugal, posição que perdeu para a TVI mas recuperou.

Cristina Ferreira

Cristina Ferreira
Cristina Ferreira é não só a mais reconhecível das apresentadoras da SIC, mas de toda a televisão nacional. Depois de ter brilhado na TVI, o outro canal privado português, onde apresentou durante 15 anos o programa matinal “Você na TV”, a apresentadora mudou-se de armas e bagagens para a SIC em 2018, numa operação super-mediática, tanto pela sua popularidade como pelos valores envolvidos.

Actualmente, além de apresentar o seu programa matinal, “O Programa da Cristina”, exerce também funções como Consultora Executiva da Direcção-Geral de Entretenimento da estação de Paço de Arcos.

Cristina Ferreira é a apresentadora de televisão mais bem paga em Portugal, mantendo o seu estilo muito exuberante.

Júlia Pinheiro 

Júlia Pinheiro

Júlia Pinheiro começou a sua carreira na televisão no canal público da RTP, como jornalista, mas rapidamente deu o salto para a SIC, para apresentar o programa informativo “Praça Pública”. Nos primeiros anos apresentou uma série de programas, mas foi com “A Noite da Má Língua” que se destacou, ao moderar um painel de comentadores viperinos sobre os temas da actualidade.

Entretanto, haveria de regressar novamente à RTP, em 2002, acompanhando o director-geral Emídio Rangel, e um ano depois ingressaria na TVI, onde assumiu as funções de subdirectora de Programação.

De volta à SIC, em 2011, Júlia Pinheiro assume actualmente o cargo de directora dos sub-canais SIC Mulher e SIC Caras, ao mesmo tempo que apresenta o programa da tarde com o seu próprio nome, “Tardes da Júlia”. É um dos nomes mais respeitados do canal privado, com uma carreira de rigor e profissionalismo.

Bárbara Guimarães


Bárbara Guimarães

A carreira de Bárbara Guimarães começou no jornalismo e no outro canal privado português, antes de esta passar a entrar na equipa das apresentadoras da SIC. Foi na TVI que a apresentadora se estreou, à frente do jornal diário dessa estação juntamente com Artur Albarran e Sofia Carvalho. Era um formato inovador em Portugal, onde as notícias eram apresentadas geralmente apenas por um pivot.

Do jornalismo da TVI para o entretenimento na SIC foi um pequeno passo, tendo chegado a este último para apresentar o “Chuva de Estrelas”, programa de talentos d grande sucesso em Portugal e onde teve grande destaque.

Mais tarde, Bárbara Guimarães haveria de passar para os programas de artes e magazines culturais, ao mesmo tempo que apresentava as galas anuais dos Globos de Ouro da SIC. Recentemente, regressou ao formato generalista, apresentando reality shows como “Peso Pesado” ou “Fator X”, mas sem o mesmo sucesso do início da sua carreira na SIC.

Diana Chaves

Diana Chaves

Diana Chave apresentou-se aos portugueses como actriz de “Morangos com Açúcar”, série juvenil da TVI de grande sucesso que lançou vários nomes da televisão nacional. Apenas um ano depois, em 2004, uma capa da revista masculina Maxmen tornam-na popular, assim como a participação no reality show “Primeira Companhia”.

 Em 2008, a SIC contrata-a, onde se mantém até há data, sendo já uma das caras da estação. Começou como actriz, na novela “Laços de Sangue”, um dos marcos da SIC, já que arrecadou um Emmy para Melhor Novela Internacional; mas a carreira de Diana Chaves tem alternado também com a apresentação de programas de entretenimento, como “Achas que sabes dançar” ou “Não há crise”.

Além disso, Diana Chaves apresentou também os reality shows “O Carro do Amor” e “Casados à Primeira Vista”, dando provas da sua versatilidade.

Iva Lamarão

Iva Lamarão
A carreira de Iva Lamarão não podia ser o menos ortodoxa possível até ser apresentadora da SIC. Apesar de se ter licenciado em Bioquímica, na Universidade de Coimbra, onde fez também o respectivo Mestrado, Iva Lamarão tornou-se conhecida como modelo, depois de ter vencido a edição de 1998 do “Supermodel of the World”.

Três anos depois era eleita Miss Portugal, passando a ser presença constante nas passarelas nacionais e nas capas de revistas masculinas. Em 2008 chegava à SIC, onde se mantém até há data, sempre como apresentadora de entretenimento, com grande sucesso junto do público.

Começou pelo programa “Quando o telefone toca” e passou por vários outros títulos menores, até se fixar na equipa de apresentadoras do “Fama Show”, ao lado de Cláudia Borges, Laura Figueiredo, Rita Andrade, Vanessa Oliveira e Andreia Rodrigues.


(Carregue para aumentar)




Autor: author Tiago Palha

Siga-nos nas redes sociais: Facebook | Twitter

0 comments:

Enviar um comentário