Manuel Luís Goucha, antigo companheiro televisivo de Cristina Ferreira, veio a publicou defender a apresentadora por ter entrevistado Maria das Dores, que há 13 anos mandou assassinar o marido.

O caso tinha gerado polémica visto que alguns dos fãs de Cristina acharam que esta estava a tentar faze-la passar por vítima, ao que Cristina respondeu que ouvir uma assassina "não é torná-la inocente." Apesar de ter recebido aplausos de alguns, outros ainda a criticaram mais pela escolha da capa para a sua revista.

Manuel Luís Goucha defendeu, no entanto, a apresentadora de forma pública, escrevendo:
"Se fosse a Oprah a tê-la entrevistado já seria a maior."
Cristina respondeu que falou muitas vezes com Goucha "do sítio onde se vive e nasce," e afirmou que "quando sabemos do nosso caminho ninguém nos desvia." Liliana Filipa e Katia Aveiro também se mostraram solidárias com Cristina.


(Carregue para aumentar)



Autor: author Tiago Palha

Siga-nos nas redes sociais: Facebook | Twitter

0 comments:

Enviar um comentário